Frente Mobiliza Curitiba apresenta propostas sobre a Lei de Zoneamento da cidade ao IPPUC

Na última sexta-feira (28), a Frente Mobiliza Curitiba se reuniu com representantes do Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC) para apresentar suas propostas  à atual revisão da Lei de Zoneamento.

Integrantes da Frente levantaram dúvidas e sugestões referentes à Outorga Onerosa, ao coeficiente de aproveitamento, aos Setores de Habitação de Interesse Social (SEHIS), instrumentos de gerenciamento de imóveis inutilizados, como o IPTU Progressivo, e a participação popular no processo de revisão.

O espaço no IPPUC foi previsto para o recebimento de sugestões à Lei de Zoneamento Uso e Ocupação do Solo pela sociedade civil. Por determinação do prefeito, desde o mês março, nas tardes de sextas-feiras, a equipe técnica do Instituto realizou reuniões com vereadores, representantes de entidades de classe, representantes de universidades, entre outras lideranças com esse objetivo.

Entidades podem agendar reuniões até o próximo dia 18 através do site da Prefeitura.  Segundo calendário apresentado aos conselheiros do Conselho da Cidade de Curitiba (CONCITIBA) estima-se que a consulta pública no site do zoneamento será aberta aos cidadãos entre os dias 18 de agosto e 18 de setembro, onde estará disponível a minuta da nova lei para participação mais qualificada.

Ainda, estão previstas para o mês de agosto uma série de audiências, cujas datas ainda podem sofrer alteração:

  •         28/08: audiência pública no Boa Vista e Pinheirinho.
  •         29/08: audiência pública no Cajuru e Santa Felicidade
  •         30/08: Workshop no Salão Barigui, no Parque Barigui
  •         31/08: Audiência Pública Final no Salão de Atos do Parque Barigui

Fique atento às datas, acompanhe o site do Mobiliza e do IPPUC, faça suas propostas para cidade! A participação da sociedade civil é fundamental para a consolidação de um zoneamento democrático e igualitário, que garanta o direito à cidade à todos e todas.

Um comentário sobre “Frente Mobiliza Curitiba apresenta propostas sobre a Lei de Zoneamento da cidade ao IPPUC

  1. Gostaria muito de participar dessas audiências públicas porque o público tem tão poucas oportunidades de se manifestar no nosso país. Por azar, justo na semana dessas audências eu estarei fora da cidade.

    O problema que mais me preocupa é que Curitiba está se tornando uma cidade muito feia, muito poluída e com ‘ilhas de calor’ que aumentam a proliferação de mosquitos transmissores de doenças, como a dengue e outras 20 arboviroses. Casas lindas estão sendo destruídas para dar lugar a ESTACIONAMENTOS e atrair mais carros ainda para a cidade. alguma coisa tem que ser feita urgentemente para preservar o nosso patrimônio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*