Câmara Municipal realiza última audiência para debater o Plano Diretor de Curitiba

Por Assessoria de Comunicação Mobiliza Curitiba 

Foto: Chico Camargo/Câmara Municipal de Curitiba

Foto: Chico Camargo/Câmara Municipal de Curitiba

Foram encerradas nesta quinta-feira (17) as audiências públicas que promoveram as discussões acerca do Plano Diretor de Curitiba. Realizada na Câmara Municipal, a audiência contou com um público de aproximadamente 120 pessoas, entre representantes de entidades de classe e da sociedade, políticos, representantes de órgãos públicos e sociedade civil.


Download

Até o início da tarde, foram apresentadas pelos vereadores 109 emendas construídas ao longo de meses de debate.  Dentre as propostas mais importantes, destaca-se a previsão dos planos setoriais em forma de Lei e não atos administrativos.

O vereador Jonny Stica, relator do processo, defende esse formato em relação aos planos “para não serem burocratizados”.  Ainda, Stica comentou os avanços das emendas e destacou a atuação propositiva da Frente Mobiliza.

Outras emendas protocoladas propõem maior auto aplicabilidade ao Plano Diretor de Curitiba, sugestões de melhorias à mobilidade, criação de integração no sistema de transporte coletivo, o bilhete único, regularização fundiária e a supressão do Plano de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano Sustentável (PMDUS), que trata da criação de um plano que se sobrepõe ao Plano Diretor proposto.

Os representantes da sociedade civil ressaltaram a importância do caráter participativo que basearam todas as atividades para a discussão do Plano Diretor. A gestão democrática das audiências, oficinas e debates também foi destaque do vereador Paulo Salamuni. “Essa Lei não é sancionada pelo prefeito. É promulgada pela Câmara”, disse.

Bruno Meirinho, da Frente Mobiliza Curitiba, indicou que as propostas de certa forma contemplam as expectativas da Frente, e elogiou a Comissão de Urbanismo, Obras e Tecnologias da Informação.

O projeto deve ser votado pela Câmara na última semana de setembro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 2 =