Vote FIFA! – a pior empresa do mundo

É sempre assim: a FIFA põe governos e parlamentares de joelhos, viola direitos, come nosso dinheiro, explora nossa força de trabalho, desrespeita nossa cultura. Depois vai embora, com lucros bilionários para si e seus patrocinadores, ignorando todos os prejuízos deixados para a população dos países-sede. Mas no Brasil, algo novo aconteceu: durante a Copa das Confederações, a população se levantou contra uma série de absurdos, e um dos motivos foi justamente a atuação da FIFA em conchavo com governos e empresas.

Imagem4

Ainda assim, a FIFA continua tentando vender uma imagem de melhorias para os países-sede. Agora, para começar bem o ano da Copa, queremos dar à FIFA o prêmio de pior empresa do mundo – o Public Eye Awards, conhecido como o “Nobel” da vergonha corporativa mundial. É uma forma de manchar sua imagem, constranger seus patrocinadores e alertar a população de todos os países. Seu voto pode desmascarar a FIFA. Vote agora, leva só dois minutinhos: 

http://publiceye.ch/pt-pt/case/fifa/

A preparação do Brasil para a Copa do Mundo está sendo traumática. Levantamentos apontam para um gasto público de mais de R$ 100 bilhões para 30 dias de jogos. É dinheiro que deveria estar sendo investido em escolas, hospitais, moradia, transporte público… Mas por que nossos governos municipais, estaduais e federal entraram nessa furada?

É mais ou menos assim: a FIFA tem empresas poderosas como parceiras. São patrocinadoras, empreiteiras, corporações de mídia, do ramo imobiliário e de turismo que compõem uma poderosa rede de influência. Estes grupos são responsáveis, por exemplo, pela doação milionária às campanhas eleitorais dos principais partidos políticos. É através da pressão deles que os governos liberam o caminho para a realização daCopa do Mundo a qualquer custo. Vote FIFA para pior empresa do mundo:  http://publiceye.ch/pt-pt/case/fifa/

Em função do evento, estádios monumentais foram erguidos com dinheiro público em cidades sem tradição de futebol. E em todos os estádios, a nossa própria tradição foi esquecida: um modelo europeu de ‘arenas’, com ingressos caros. Além disso, a FIFA é reconhecidamente uma das corporações mais corruptas do mundo, com ligações escusas com cartolas de federações de vários países, a começar pela CBF.

 O verdadeiro ‘padrão FIFA’ é autoritário. A remoção e o despejo de famílias pobres é um dos exemplos mais dramáticos dos impactos que a Copa está causando no país. Mais de 200 mil pessoas estão ameaçadas ou já perderam suas casas em função de obras relacionadas com o megaevento. As violações de leis trabalhistas também preocupam: só no último mês, quatro operários morreram em obras de estádios. Em Salvador, a empresa quis até proibir a realização das festas de São João e impedir as baianas do Acarajé de trabalharem no período da Copa. Vote agora na FIFA para pior empresa do mundo: http://publiceye.ch/pt-pt/case/fifa/

A candidatura da FIFA é uma proposição brasileira: foi ideia da Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa (ANCOP), rede que reúne 12 comitês em todas as cidades que terão jogos. A ‘vitória’ da FIFA no Public Eye será a vitória de todos nós, um recado do Brasil para o mundo: FIFA, a PIOR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 2 =